Skip to content

Campanha de oração da APMT 2021

2020: “O ano perdido”, “O ano que não começou”, “O ano que não existiu”, “O ano em que o mundo parou”, “O ano em que a Terra parou”, “O ano que não aconteceu”, “O ano do Juízo”.

Se você buscar as referências a 2020 é mais ou menos isso que vai encontrar, mas a despeito de todas essas alcunhas, e de tudo que aconteceu e está acontecendo, a APMT seguiu sob a Boa Mão de Deus, que nos conduziu e guardou em meio à intensa adversidade.

Vários dos nossos missionários foram infectados: alguns com sintomas graves, com internação hospitalar, outros com sintomas mais brandos e alguns quase assintomáticos. Alguns deles perderam familiares bem próximos… Nosso Escritório Geral, na cidade de São Paulo, ficou fisicamente fechado de março a agosto. Nossas metas foram revistas e recalculadas. Vários missionários que estavam indo ao campo, ou vindo de lá, ficaram retidos em face ao fechamento de fronteiras. Vários deles se “reinventaram” dando uma nova face ao andamento de seus projetos. Foi assim que vivenciamos cada dia na total dependência do Senhor e buscando n’Ele as soluções para cada situação. Foi fácil? Não, obviamente, contudo nós aprendemos lições profundas do que vem a ser, de fato, vivermos de fé em fé.

Para 2021, o Tema da Campanha Anual de Oração ficou assim definido “Colhendo em Tempos de Crise”. Simbolicamente, esse tema retrata com maestria o que imaginamos que sucederá no novo ano. O versículo chave para a Campanha está no Salmo 126, verso 5: “os que com lágrimas semeiam, com júbilo ceifarão”. Nessa verdade está posta a nossa esperança.

Queremos encorajar você a envolver os irmãos e irmãs, inclusive crianças e adolescentes, a planejarem programações a fim de se lembrarem dos missionários e missionárias da APMT, orar por eles, por seus filhos, por seus projetos, pela saúde, pelo sustento, pelos que estão ouvindo a Palavra através da boca deles, por proteção contra o mal, por ânimo, por sabedoria… enfim, são muitos os motivos de oração. Converse com os líderes das sociedades internas, dos departamentos, com os irmãos do Conselho, da Junta Diaconal, dê ideias, seja a voz das missões transculturais na sua família e na sua igreja.

Se sua igreja não recebeu o cartaz desta Campanha e outros materiais de divulgação que a APMT envia todo começo de ano para as igrejas cadastradas no nosso banco de dados, solicite e preencha o cadastro da sua igreja junto à APMT, que prontamente enviamos os materiais para você – informativos@apmt.og.br.

Quando unimos os nossos esforços, e contando com a assistência do Espírito Santo, nos tornamos imbatíveis! Lembrei-me agora dos “Valentes de Davi”: que grupo, que ousadia, que destemor e que dedicação. Corramos, pois, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus!

 

Pelos, ainda, não alcançados,

Rev. Marcos Agripino C. de Mesquita

Executivo APMT – Missionário na Base

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos