Logo APMT
Logo APMT

Família Di Castro

18/04/2024 03:00:00

Oriente Médio, abril 2024

Tempo de Observar e se Expor

Identidade

Nesse tempo de Ramadã, estando em um país de maioria muçulmana, vemos diversas mudanças de comportamento da sociedade e de indivíduos. Seja a vestimenta (mulheres que costumam andar sem hijab - o véu sobre a cabeça - e nesse tempo o usam), o jejum diário nesses quarenta dias diminui as atividades diurnas, e aumenta bastante as noturnas, quando eles quebram o jejum. As vestimentas típicas são usadas com muito mais frequência, especialmente quando se juntam para alguma celebração. Pensando sobre esses usos e costumes, podemos refletir: Que tipo de cristãos temos sido? Alguém que só é identificado em determinados lugares ou formas (como na igreja, ou épocas do ano (como Páscoa e Natal)? Temos muito mais a mostrar. Temos Cristo!

Estudos

Esse início de ano foi de bastante estudos. Aumentamos nossa carga horária nas aulas de línguas, P. com o curdo, M. com o inglês. Precisamos trocar de professores, mas ampliamos as oportunidades, além de professores nativos, podemos ter contato com alunos estrangeiros, alguns de culturas próximas. É muito bom começar a ampliar os vocabulários básicos para cumprimentar os locais, fazer perguntas simples, poder até responder algumas e identificar letras e números no comércio. Ore por nosso aprendizado!

Pesquisa

Outra frente que nos dedicamos foi a pesquisa de oportunidades de servir na região. Temos grande e pequenas organizações que dão suporte para refugiados. Temos tido várias visitas e reuniões com lideres. M. começou a acompanhar um trabalho com mulheres em um campo. Queremos uma definição em breve sobre lugares de desenvolvermos efetivamente nosso projeto. Ore para o Senhor abrir portas!

Crianças

J. começou também na mesma creche da A, por um período menor, enquanto D. está na alfabetização na mesma instituição. Os três estão já bem adaptados, mostram alegria mesmo com o desafio de serem quase os únicos de outro país. Temos alguns contatos começando com pais de crianças lá, especialmente falantes de inglês e que moram no nosso condomínio. Ore por esses relacionamentos, para o Senhor se revelar a eles.

Saúde

P. começou na academia, e a M. também continuou, achamos uma com ótimo preço, próximo de casa, onde separam homens e mulheres, como é comum aqui. Além de ótimo para nossa saúde, também ê um lugar de se expor aos locais e fazer relacionamentos. Passamos o inverno sem os problemas que tivemos no Reino Unido, apenas uma tosse recorrente do J. Especialmente sobre a saúde, aqui temos boa assistência, mas no caso da A., ainda precisamos dar mais passos para seu tratamento de audição e fala. Ore para o Senhor mostrar os melhores meios para isso.

Ministérios

Na igreja curda local, demos assistência para o trabalho com crianças nesses meses. Também temos mais contatos com obreiros vindos de diferentes países e em diversas frentes de atuação aqui. Por meio das mídias sociais, acompanhamos um pouco algumas igrejas parceiras no Brasil, sempre em oração e gratidão pelo trabalho e visão de Reino de cada uma e das famílias e pessoas que individualmente dão suporte para atuarmos aqui.

Que o Senhor os abençoe, obrigado por caminharmos juntos!

Família Di Castro

Publicações recentes:

Rev. Luiz Augusto e Rachel Bueno

Cartas de Missionários

Rev Edivaldo e Valéria

Cartas de Missionários

Rev Humberto e Brandali

Cartas de Missionários

Ibijara e Patricia Culina

Cartas de Missionários