Logo APMT
Logo APMT

J. M. e K.

21/03/2024 03:00:00

Ásia, março 2024

Temos vivido os últimos meses rodeados de incertezas. Desde que tomamos a decisão de mudar de campo em julho do ano passado, muitos planos foram frustrados. O que nos conforta é saber que os propósitos do nosso Senhor sempre prevalecerão.

Já faz pouco mais de um mês que retornamos ao Brasil e não temos muita novidade para compartilhar, e o intuito desta carta é para que você participe conosco em oração.

CHEGADA

No dia 13 de fevereiro chegamos no Brasil e fomos recebidos pela família da minha irmã e também por irmãos queridos da APMT. Minha irmã e cunhado não mediram esforços para nos buscar no aeroporto e viajar mais de 200 km com toda família e muitas malas.

Foi um misto de sentimento de alegria e incertezas. Alegria por rever parentes e amigos, mas um sentimento de não saber direito porque estamos de volta. Cremos na soberania e cuidado do Senhor em tudo isso e sabemos que Ele sabe o que é melhor para nós.

Por favor, orem por paciência neste processo.

MENINOS

Conseguimos matricular o D. e o M. pouco antes de chegar ao Brasil, o que era uma preocupação nossa, pois o ano letivo já havia começado. A escola fica a poucos metros de casa e ele está na mesma sala de seu primo.

M. está se adaptando melhor e já fazendo alguns amiguinhos na escola. D. está mais fechado para novas amizades. Provável que seja por receio de ter de dizer adeus novamente.

As transições dos últimos meses foram muito difíceis para o D.. Vemos que deixar os amigos da Ásia e a transição frustrada no Japão foi muito dolorido para ele. Eles já estavam lendo hiragana e katakana (silabário utilizado na escrita japonesa) e arriscando algumas frases em japonês.

M., desde que deixamos a Ásia, não tem sofrido mais com crises respiratórias. Louvamos a Deus por isso. Ao chegar no Brasil passamos por uma pediatra que recomendou parar com os medicamentos de controle que ele tomava diariamente. Estamos acompanhando de perto os resultados e somos gratos a Deus por ele estar bem.

Por favor, orem pela saúde emocional e física dos nossos filhos.

PERSPECTIVAS

A liderança da APMT se reuniu em fevereiro e nos concederam seis meses para avaliação e redirecionamento do projeto. Neste tempo queremos explorar possibilidades que melhor se adequem a situação atual da nossa família. A liderança da APMT tem enfatizado que os campos transculturais da agência estão abertos para nossa família, mas que agora é hora de cuidado com a família.

Por favor, orem por definição ministerial.

ATIVIDADES

Desejamos aproveitar esse tempo para fazer uma reciclagem. Eu (J.) comecei um  curso online de plantação de igreja, mas K. tem assistido também as videoaulas.

Na próxima semana, irei pregar na igreja presbiteriana aqui da cidade e também aceitei um convite para pregar em outra igreja na cidade vizinha no próximo mês.

Também tenho sido procurado para ajudar em algumas necessidades pontuais do projeto de cultivo de pepino do mar na Ásia e, mesmo à distância, tenho conseguido oferecer algumas orientações.

Que o Senhor te abençoe e te guarde!

Um abraço!

Família Queiroz

Publicações recentes:

A Igreja e o cumprimento da Missão

Artigos

Ronalda e Joseph Nassakou

Cartas de Missionários

Família Di Castro

Cartas de Missionários

Rev José Dilson e Marli

Cartas de Missionários