Skip to content

Anunciando a Cristo onde ainda não foi Anunciado

“O povo que andava em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu-lhes a luz.” Isaías 9.2

EM 2019, HAVIA 20 MIL ÁRABES MUÇULMANOS NA REGIÃO ONDE ATUO. MAIS ESPECIFICAMENTE, ONDE ESTOU EXECUTANDO O PROJETO, ENCONTRAM-SE 15 MIL.

Com acesso livre a algumas famílias, devido a minha profissão como Professora de Língua Portuguesa para Estrangeiros e Psicopedagoga, com atendimento domiciliar, consegui distribuir oito Novos Testamentos, um para cada família atendida no Projeto. Tal atitude gerou desconforto na liderança islâmica da região, que tentou barrar minha atuação por meios escusos, mas pela graça de Deus, não conseguiu.

Das oito famílias que receberam o Novo Testamento, seis retornaram em definitivo para o Oriente Médio. Entre as pessoas que permaneceram conosco, uma adolescente de 13 anos vivenciou uma experiência miraculosa que afetou uma das escolas islâmicas da região.

Tal garota vinha, desde o início do ano, apresentando baixo rendimento escolar, sendo necessário o acompanhamento psicopedagógico por tempo indeterminado. Ao final do ano, fui chamada à escola para ouvir o parecer do corpo pedagógico em relação a ela. No meu entendimento ela seria reprovada, pois necessitava nota máxima na segunda prova. Eu havia sido avisada que somente por um “milagre” ela passaria de ano, isso com base em seu histórico de notas.

A garota, lembrando-se de que o Alcorão mencionava “Isa” (Jesus) como um profeta que fazia milagres, e lembrando também dos milagres dele que eu contara relatados na Bíblia, ela mesma, à maneira dela, pediu a Jesus que fizesse o milagre que ela tanto precisava. E o Senhor Jesus atendeu o seu pedido, deixando o corpo docente atônito, crendo realmente que fora um milagre, e deixou muitas portas abertas para novos contatos com famílias dos alunos daquele estabelecimento. Eu seria indicada por profissionais islâmicos que trabalham ali.

Não sei se um dia eu verei os frutos deste Projeto da APMT, porém uma coisa é certa: o vento do Espírito está soprando nessa região de alta concentração de árabes muçulmanos. Louvado seja Deus.

ZUBAIDA FARAH

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos