Skip to content

Rev. Amós Cavalcanti e Mariana

Chile, dezembro de 2021

 

¿Qué está pasando en Chile?

Olá irmãos, gostaria de compartilhar as últimas noticias do nosso trabalho aqui no Chile. Muita coisa boa tem acontecido esse ano, e algumas não tão boas, mas vamos lá.

A volta dos cultos presenciais.

Desde março de 2020 até final de agosto de 2021 nossos cultos foram todos online. Mas, pela graça de Deus, no dia 29/08 retomamos os cultos presenciais com várias surpresas:

  1. A reforma da parte interior do templo. Durante a pandemia conseguimos expandir o espaço do templo e reformar as paredes internas e trocar as janelas. Isso mudou completamente nossa experiencia de culto porque o espaço era maior que antes e mais bonito – apesar de ainda faltar o piso. Durante a pandemia a Companhia Elétrica mudou um poste de lugar e habilitou a entrada de carros no estacionamento da igreja. Algo que se fossemos solicitar nos teria custado muito! Com mais espaço podemos colocar mais pessoas, especialmente agora que estão controlando a quantidade de pessoas em eventos e cultos.
  2. Crescimento durante a pandemia. Quando voltamos aos cultos presenciais nos encontramos pessoalmente com várias pessoas que só conhecíamos por internet. Várias famílias se uniram a nós durante a pandemia. Umas 16 pessoas novas! Tem sido uma grande alegria poder compartilhar com todos esses novos irmãos. Se antes da pandemia a media de assistencia aos cultos era de 20-25, agora, a media é de 30 ou mais.
  3. As crianças voltaram. Antes da pandemia só uma familia tinha filhos em idade de escola bíblica. Durante toda a pandemia fizemos videos para motivar a mais crianças em participar, mas não teve tanto resultado. Mas, com o crescimento da igreja, novas famílias chegaram e com filhos pequenos, então retomamos a escola bíblica para as crianças no dia 7/11 e no dia anterior fizemos uma tarde de alegría com varias dessas crianças. Foi realmente uma grande alegría ve-los brincando e cantando no novo templo.

Os desafíos pós-pandemia

A falta de comunhão fez com que muitos irmãos voltassem mais fracos espiritualmente. Então começamos a acompanhar mais de perto a várias familias com esse tipo de frieza espiritual e esperamos que com o reativar das demais atividades todos possam voltar a crescer espiritualmente.

Também vários aspectos do trabalho em equipe tiveram que ser ajustados e adaptados ao novo sistema de trabalho. Nós ainda estamos funcionando com asistencia reduzida e temos que ir semana a semana controlando a presença, mas podemos funcionar com normalidade. Uma novidade desse retorno é que estamos emprestando o templo, uma vez por semana para um grupo de Alcoólicos Anônimos e é o primeiro em uma igreja evangélica aqui na nossa região. Várias pessoas vinculadas à igreja tem familiares com problemas de dependencia química e isso tem sido um desafio para nossa igreja.

O futuro de Iglesia Pródigo

Com o crescimento que nossa igreja tem experimentado, o presbitério já começa a perguntar se não seria hora de organizar. Mas, apesar de um bom crescimento ainda precisamos amadurecer e consolidar o trabalho. Nosso desafio mais recente é o de crescer na entrega dos dízimos. Dos membros e assistentes comprometidos temos somente 40% das pessoas dizimando. Nossa meta é chegar aos 80% como evidencia do compromiso da congregação com o trabalho. Pedimos que orem por isso, para que possamos avançar e consolidar o trabalho para ser assim, organizados como igreja.

Mas nem tudo são flores

Esse ano foi particularmente difícil para mim e para minha familia no Brasil. No dia 28/2 um irmão meu sofreu um grave acidente de moto e perdeu uma das pernas e ainda está se reabilitando do ombro, que ficou muito danificado. Em agosto faleceu uma tia, irmã mais velha do meu pai, quem nos cuidou quando minha mão faleceu em 1998. Ela se mudou para nossa casa e cuidou de mim e dos meus irmãos por 3 anos. No dia 24/09, de forma repentina meu pai veio a falecer. Ele tinha feito uma pequena operação e isso gerou infecção e veio a falecer por complicações respiratorias. Mariana e eu tivemos que viajar de última hora para o Brasil para o funeral e demais trâmites. Não tem sido tempos fáceis, mas Deus nos tem cuidado e sustentado em todo esse tempo. Peço que orem por minha familia no Brasil.

Mariana e eu

De saúde, nós estamos relativamente bem. Mariana tem tido alguns dias mais complicados, porque o impacto emocional do trabalho transcultural não é pequeno, mas está sendo acompanhada aqui e estamos nos cuidando tanto no aspecto fisico quanto emocional. Deus também nos deu a alegria de poder mudar para um apartamento maior por praticamente o mesmo preço. Foi realmente um milagre. Alem de ser maior, também tem melhor iluminação o que nos permite economizar el luz e gás. Vemos como Deus nos cuida nas coisas pequenas e grandes. Agradecemos as orações e a participação dos parceiros nesse grande desafio. Contamos com seu apoio para seguir servindo a Deus aqui nesse país tão carente do evangelho.

Estamos online!

Acompanhe nosso trabalho pelas redes sociais e os cultos pela transmissão ao vivo que realizamos todos os domingos às 11:30hs.

Todos os links estão aqui: linktr.ee/iglesiaprodigo Um grande abraço e que Deus os abençoe muito!

 

Amós e Mari

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos