Skip to content

Ações da APMT com os refugiados da Ucrânia

A recente Guerra que se instaurou com a invasão da Rússia à Ucrânia, no dia 24 de fevereiro deste ano, além de deixar muita destruição, dor e mortes, também está causando o êxodo de muitos cidadãos que abandonam seu país, com a esperança de encontrar refugio em outros países, inclusive no Brasil.

Mesmo a APMT não tendo missionários e projetos locais na Ucrânia, muitos dos missionários que atuam em países vizinhos, têm encontrado formas de servir em diversas frentes no auxílio aos refugiados de Guerra da Ucrânia e, assim, demonstrar o amor de Cristo àqueles que têm sofrido com o conflito.

Abaixo você poderá ler alguns relatos de como nossos missionários têm servido: como tradutores, motoristas, acolhimento e angariando roupas e mantimentos para os refugiados que têm chegado nas fronteiras da Ucrânia com outros países.

  • ROMÊNIA

Queridos, a situação com a guerra está se intensificando. A nossa igreja aqui na Romênia está envolvida ajudando com doações de roupas, alimentos não perecíveis e dinheiro quando podemos para os refugiados.

Temos auxiliado na procura de hospedagens e nossa igreja também está hospedando, no momento estamos com uma idosa de 82 anos, duas senhoras e um garoto de 9 anos. Todos com muita saudades de suas casas, a idosa chora na maior parte do tempo, e temos procurado animá-la para que não entre em depressão. Sabemos que vocês estão orando e pedimos que continuem.

Motivos de oração:

  • Pelos voluntários que ficam nas fronteiras esperando os refugiados com sopa quente, chá, café e roupas de frio.
  • Pelas jovens que desaparecem no início da guerra, a polícia diz que os foram levadas pelo tráfico humano.
  • Pelas mulheres que estão grávidas, algumas estão decididas a abortar seus bebês, pois não veem nenhuma saída. O caos na Ucrânia está no nível muito alto.
  • Orem para que nesse tempo de incertezas, sofrimento e dor as pessoas conheçam o evangelho.

Miss. Ireni Bacanu[email protected]

  • ALEMANHA OCIDENTAL

 

Queridos irmãos, gostaria de contar com as vossas orações para a viagem que irei fazer até à Polônia, na semana que vem. Algumas igrejas evangélicas livres da Alemanha, se reuniram e resolveram ir até o país vizinho com uma caravana de minivans buscar o maior número possível de refugiados ucranianos, que receberão asilo aqui na Alemanha.

Eu serei um dos motoristas deste grupo, onde iremos até o Campo de Refugiados em Mlyny, a apenas alguns quilômetros de distância da zona de conflito na Ucrânia. Serão ao todo mais de 20 horas de trajeto, atravessando toda Alemanha e Polônia. Nos próximos dias darei maiores detalhes acerca da nossa saída e dos transportes dos refugiados. Obrigado a todos pelas orações.

Como nós temos algumas vagas nos carros, podemos levar algumas pessoas extra, mas é preciso cuidado nas conversas pra que não pareça que estamos tentando assedia-los pra fazer alguma coisa. A comunicação é uma das piores partes já que só alguns falam inglês, e ninguém fala alemão. Alguns tradutores estão ajudando nesse trabalho.

A igreja fez uma bela recepção aos refugiados. Eles podem ficar hospedados nas dependências da igreja (aptos) por até 3 meses gratuitamente. Além disso o governo alemão oferece uma ajuda mensal, e com o tempo podem pedir visto de permanência no país, embora a maioria queira mesmo voltar para suas casas.

Rev. Cyro Ferreira[email protected]

 

  • ALEMANHA ORIENTAL

Olá queridos irmãos, como vocês já devem ter ouvido falar, muitos ucranianos estão fugindo da Ucrânia. Em Schwerin e toda a região, há muitas pessoas que falam russo e por isso muitos têm chegado até lá e também há alguns missionários que estão fazendo “resgate” das pessoas na Polônia. A maioria das pessoas que têm chegado são mulheres e crianças, os homens estão ficando.

Orem por essas pessoas! Em especial pela Oksana, ela morou há 20 anos atrás com a avó do Sebastian e é uma mulher que sempre testemunhou de Cristo, sua fé é um exemplo para todos. Ela, juntamente com seus 6 filhos, foram resgatados por um missionário de uma missão parceira! (glória a Deus).

Ela está sozinha com 6 crianças e grávida de 34 semanas de gêmeos… Em todo momento ela tem mostrado fidelidade ao Senhor, mas a situação não é fácil.

Por favor, orem para que a igreja se levante e testemunho do amor de Cristo acolhendo essas mulheres e crianças que chegam. Uma situação difícil que precisamos de muita sabedoria. Se você puder, pare nesse momento e vamos clamar agora por essa situação!

Miss. Fabiana Braun[email protected]

 

  • ESPANHA

Rev. Fabio Diniz, é missionário na Espanha e por muitos anos também serviu na Rússia. Nestes dias de conflito ele tem viajado para a Polônia, Moldávia, Ucrânia e região para auxiliar no acolhimento aos refugiados, fazendo traduções e também levando aqueles que desejam sair do país em direção às fronteiras e outros países da Europa. Abaixo alguns relatos de sua viagem.

  1. Gália – Graças a Deus ela está bem com os filhos na base da JOCUM da Romênia, o marido e o irmão voltaram para Kiev para ajudar. Com o apoio de vocês, pude passar 300 euros (+- 1.600 reais) para ajudá-la nas despesas.
  2. Nossa igreja na Espanha e nossa ONG Religar arrecadamos roupa e alimentos para levar para Ucrânia, levamos hoje para uma igreja ucraniana que está ajudando os refugiados; Compramos 250 euros (mais ou menos 1.400 reais) em alimentos com o dinheiro enviado do Brasil.
  3. Domingo estaremos indo na divisa da Ucrânia para ajudar na tradução e distribuição de alimentos e roupas…. continuem orando por nós.
  4. Estamos para receber uma família ucraniana em nossa igreja e mantê-la durante 1 ano, peço que orem por isso também.

Rev. Fábio Diniz – [email protected]

Se você desejar saber mais notícias das ações dos nossos missionários e formas de auxiliar e se envolver com o que eles têm feito em prol dos refugiados, entre em contato direto com eles no email informado no texto, para ver as necessidades específicas das ações que eles têm realizado nos diferentes lugares e frentes de trabalho.

Assim que tivermos maiores notícias e informações dos missionários iremos divulgar em nossas redes sociais.

Convocamos a toda igreja que continue orando pela Ucrânia e pela Rússia, clamando por paz, segurança e por oportunidades da Igreja mostrar amor àqueles que têm sofrido.

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos