Skip to content

A.J. (Oriente Médio) – 18/09/2014

Comunidade Beduína

Este foi o primeiro casamento beduíno que participamos. A noiva de 17 anos estava super nervosa e chorava muito. Uma semana antes, fomos juntas à cidade comprar as últimas coisas do enxoval e para mim foi uma experiência maravilhosa. Passamos 7 horas entrando em lojas pechinchando como manda o costume (árabe), experimentando vestidos, comprando panelas, maquiagem e conhecendo essa cultura tão diferente da nossa.

Os presentes dados pelo noivo foram anéis, pulseiras e colares de ouro e foram exibidos durante todo o casamento. Disse a ela que na minha cultura o importante é a aliança de ouro e uma casa própria. E como os costumes são diferentes, apesar das joias, viverão na tradicional tenda beduína.

As mulheres ficaram separadas dos homens e o prato principal foi o tradicional mansaf (arroz com iogurte e carne de ovelha). É normal comerem com as mãos e todos juntos compartilhando o mesmo prato.

Oramos em silêncio antes de comer e alguns deles sorriam achando estranho o nosso modo de agradecer a Deus pelo alimento, e no final ouvíamos bisim Allah (em nome de Deus) e nós falamos bisim ibin Allah (em nome do filho de Deus).

Durante o casamento, A. teve oportunidade de conversar com líderes da vila beduína a respeito da criação de uma creche para as crianças beduínas, e todos eles apoiaram a ideia. Mas dias depois, ficamos sabendo através da Secretaria de Educação, que o governo já começou a construir uma escola para essa comunidade e abrangerá todos os beduínos dessa e de outras vilas ao redor.

Nossa oração é que aqueles que estão ao nosso redor possam ser transformados pelo amor do Pai. Seguimos testemunhando e semeando a Palavra e também em oração, buscando direcionamento no Senhor, sobre os projetos que podemos desenvolver e onde. Ajude-nos em oração!

 

Refugiados Iraquianos

Orem pelos refugiados iraquianos, só nesta semana visitamos uma igreja que recebeu 48 iraquianos cristãos que fugiram do Iraque. Eles estão acampados na igreja e recebendo todo o apoio necessário. A igreja desenvolveu atividades de pintura para alegrar um pouco essas crianças iraquianas.

 A Tua Vontade e não a minha!

Seja feita a tua vontade e não a minha! Esse é o desejo do nosso coração. Fazemos tantos planos, mas nos esquecemos que Ele sabe o que é melhor para cada um de nós. Ouvir e obedecer a Deus é uma honra e nos alegramos. Algumas vezes carregamos um jugo tão pesado simplesmente por medo de abrir mão das nossas vontades. Ele sempre tem o melhor para seus filhos!

Ajude-nos em oração

  • Por corações transformados;
  • Por direcionamento de Deus;
  • Para nossos próximos passos;

“Ele (Jesus) se afastou deles a uma pequena distância, ajoelhou-se e começou a orar: ‘Pai, se queres, afasta de mim este cálice; contudo, não seja feita a minha vontade, mas a tua’. Apareceu-lhe então um anjo do céu que o fortalecia.” Lucas 22:41-43

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos