Adquira a nova ed. da Revista Alcance: Filhos de missionários


Você vai se surpreender com esta Revista Alcance, pois aborda um aspecto importantíssimo do ministério, que são os "Filhos dos Missionários".

Confira o Editorial da revista para saber mais sobre nossa matéria de capa e outros conteúdos que você não pode perder. Não fique sem seu exemplar, faça sua assinatura e presenteie alguém. Aquiria seu exemplar na loja em nosso site (clique aqui).

 

Chegamos à última edição do ano, e para nossa equipe
editorial foi um grande prazer trabalhar com o tema
da matéria de capa: “Filhos de Missionários”.
Envolvemos vários dos filhos de missionários da
APMT que, praticamente, escreveram os conteúdos de quase
todas as sessões da Revista. Uma realidade bem particular que
qualquer agência que atue em contexto trans ou intercultural
deve estar sempre atenta.

 

O “Testemunho” foi escrito por uma adolescente de
13 anos, que tem sentido na pele a intensidade de se vivenciar
uma adaptação em outra cultura.
Na p.12, você lerá um texto muito bem articulado
de um jovem de 27 anos, que já é a segunda geração de missionários
transculturais em sua família. Em seguida, vem o
artigo de outra jovem que também já é segunda geração de
missionários, e que agora está vivendo no 4º país diferente:
Brasil, Paraguai, Panamá e Senegal.

 

A p.14 traz uma reflexão de como a experiência dos
pais pode influenciar a vida dos filhos em direção ao exercício
da vocação a favor da expansão do Reino de Deus.
O quarto artigo apresenta um tema diferente e relevante:
“Quando chega a hora de passar o bastão”, que trata das
implicações que há quando uma liderança estrangeira começa
a sair de cena dando lugar a uma liderança autóctone. É um
processo delicado, que requer muita abnegação, paciência e,
acima de tudo, amor.

 

Na matéria de capa, você se deleitará com relatos de
11 filhos de missionários, de idades e experiências distintas, que
gentilmente dividiram conosco suas experiências decorrentes
de viverem numa família que atua em contexto transcultural.

 

Como o próprio nome já diz, a sessão “Vidas que
inspiram” desta edição trouxe um impacto maior que o usual
em minha vida e creio que será extremamente inspirador pra
você também conhecer, de maneira bem resumida, a história
da vida de Helen Roseveare que, bravamente e obstinadamente,
serviu no Congo, a despeito de todas as desventuras
que ali sofreu. Sugiro que você até busque outras fontes de
informação sobre a vida dessa missionária, inclusive a leitura
de sua biografia, e estou certo de que será uma experiência
edificante e desafiadora.

 

Em caráter especial, tivemos a contribuição de Alicia
Macedo, coordenadora do Ministério FLECHAS, que se ocupa
do cuidado com filhos de missionários, e que também é consultora
do CIM – Cuidado Integral do Missionário, departamento
da AMTB – Associação de Missões Transculturais Brasileiras.

 

Novos missionários que foram recebidos nas últimas reuniões
da Assembleia e Diretoria da APMT. Isso sempre é
motivo de extrema alegria e gratidão para nós, pois quando
novas famílias missionárias são agregadas ao nosso quadro,
constatamos que o Senhor da Seara tem ouvido nossos rogos
e enviado trabalhadores para Sua Seara!

 

Rev. Marcos Agripino
Executivo da APMT/Missionário na Base

Comentários