Você já se imaginou num campo missionário?


Enquanto conversávamos, compartilhávamos e víamos as fotos de minha viagem missionária a Lima no Peru, Viviane muito se admirou da presença de várias crianças no estágio. Creio que se perguntava como os pais tiveram essa coragem de ir com seus filhos; e como filhos adolescentes tiveram a disposição de dizer sim a este desafio.

Estavamos lá, além dos adultos, cerca de 10 crianças e adolescentes: O Judá (3 anos), o Judázinho (1 ano), a Susie (1ano ½), Yasmin (7), Jonas (9), Thatyane (9), Thalyta (11), Kaleb (13), Davi (16), Jairo Jr (17), além de outros do local que apareceram para nos ajudar.

Sabe, alguns destes, crianças/adolescentes/jovens estão neste caminho missionário desde que nasceram, como é o caso dos filhos da missionária Kênia e Jairo; creio que em seus corações também pulsa o amor por aquele trabalho.

É interessante o privilégio destes pequenos em campos missionários, pois além de terem sua visão ampliada do mundo de Deus, já que conhecem muitos povos, culturas, costumes diferentes dos nossos, vêem que a fé que une os povos em Cristo Jesus é uma só.

Eles também têm muitas vezes o privilégio de se formarem em grandes universidades, como é o caso no Peru em que o aluno se habilita em duas profissões e também em duas línguas. Isto pode ajuda-lo muito em várias áreas, como também como missionário. Tudo para a glória de Deus.

Estes adolescentes e jovens muito se envolveram na viagem missionária: cuidando dos menores, preparando material para a Escola Bíblica de Férias (Escuela Bíblica de Vacaciones), se envolvendo nas tarefas diárias de manutenção do local, interargindo com os jovens e adolescentes do local, já que parece ser tão mais fácil para eles se comunicar! Era interessante observar todas estas coisas.

E você? Se sente um missionário de Deus? Já fala aos seus coleguinhas sobre o amor e a justiça de Deus? Será que Deus tem um plano que você seja missionário em lugares distantes do seu lugar?

Ore sempre para que Deus faça da sua vida uma benção para ele e para outros. Que sua vida seja para a glória de Deus.

 

Por: Ivone Rocha dos Santos Silva

Comentários