Rev. Ronaldo André e Fernanda (Romenia) 21/03/2018


 

Quanto vale uma vida?

"Porque qualquer que quiser salvar a sua vida perdê-la-á, mas qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará". Marcos 8:35 (ARC)

O que vocês fazem aqui? Este lugar não tem nada de bom? Veja a pobreza ao seu redor. Quantos já não saíram daqui! Porque vocês não voltam para o Brasil, aonde vocês tem sol o ano inteiro e lindas praias?”. Estes são alguns dos questionamentos feitos a nós pelos romenos.

Jesus nos afirma em Marcos, que o nosso conforto não se compara com a valiosa pregação do evangelho. Pessoas são mais importantes do que coisas. Confesso que as vezes somos levados, humanamente falando, a ponderarmos sobre a nossa realidade de vida e o quanto poderíamos ter conquistado em realizações pessoais. Porém, quando vemos pessoas se rendendo aos pés de Cristo, isto tem um valor inestimado!  Vejam alguns exemplos:

No mês passado, tivemos dois programas evangelísticos entre o povo romeno de fala húngara. Uma senhora de aproximadamente 70 anos, com o seu esposo ao lado, anotava tudo enquanto eu testemunhava do que Deus fizera em minha vida! No final, me dirigi  a ela, a qual me disse: “como fui tocada pela palavra e encorajada ao ouvir o seu testemunho! Recentemente, perdi um filho que se suicidou devido a uma depressão profunda. Ele deixou para trás, 3 filhos pequenos. A 17 anos moro ao lado da igreja, mas nunca tinha entrado! Agora, se depender de nós, ficaremos aqui pelo resto de nossas vidas, pois  foi nesta comunidade que encontramos o conforto de Deus para superar as dificuldades.” Ela me deu um abraço apertado, e olhando em meus olhos me disse: “muito obrigado!”

Em outro evento, fomos evangelizar em uma vila de ciganos, a uns 15 km da cidade. Um lugar  habitado por pessoas totalmente esquecidas, marginalizadas e sem esperança. Depois de um longo tempo por uma estrada de chão esburacado, chegamos a tal comunidade. A pobreza era visível em casas feitas de barro e pedaços de madeiras como sustentação e crianças em extrema vulnerabilidade por todos os lados. A única igreja da cidade era Unitariana (Não crêem na divindade de Cristo e nem na pessoa do Espirito Santo). Os testemunhas de Jeová, com sua teologia da inexistência de inferno e a negação de Cristo como sendo Deus, tem sido a atração do povo. Ao chegarmos, os poucos cristãos evangélicos ali presente, nos olharam com os olhos cheios de lagrimas e nos disseram: “Como estamos felizes de receber outros irmãos, vindos de tão longe para nós falar do evangelho!” Mesmo sendo estigmatizados pela a sociedade devido a sua fé, esses cristãos tem se mantido firmes na Palavra, e nos temos a oportunidade de lhes encorajar no Senhor.

Estes são só alguns dos muitos testemunhos em que temos visto o trabalhar de Deus através de nossas vidas. São estes resultados que nos faz considerar o quanto temos ganhado, ainda que aos olhos do mundo, não  passamos de “sonhadores”, perdendo suas vidas.

Seja no campo missionário ou vocês no Brasil, cada um fazendo a sua parte, juntos cumprimos o propósito para o qual Deus nos designou. No final, cada um receberá a sua coroa de glória.

O “perder a sua vida”, não implica necessariamente a morte física, mas sim no desprendimento que nós temos quando se trata da pregação do evangelho. O que nós consideramos como importante é isto que valorizamos mais. Esperamos colocar sempre em primeiro lugar, o nosso amor para com Deus e consequentemente para com o próximo, enquanto levamos o evangelho da salvação aos perdidos.

Continuem suas orações pelo o nosso ministérios. Elas são importantíssimas para o avanço do Reino.  Agradecemos a todos que tem de uma forma ou de outro, investido seu tempo, recursos e orações para que o Reino de Deu se expanda pelos quatro cantos do mundo!

 

Motivos de oração:

Pela nova igreja que demos inicio a 1 mês atrás no centro de Brasov. Que 

Deus possa trazer pessoas para somar  à nossa comunidade. Temos usado um

espaço que nos foi cedido gratuitamente pelos nossos irmãos Presbiterianos

húngaros-romenos.

Estratégias e sabedoria na abordagem nos evangelismo que temos feito na

vizinhança da igreja, e por conversões . Temos distribuído folhetos e

conversado com pessoas. Oremos para que Deus possa mover os corações.

Evangelismos e discipulados pessoais que temos feito.

Em especial pelo Cozmin e Lídia, sua esposa e 2 filhos; vizinhos com os quais temos tido a

oportunidade discipular semanalmente. E também seus amigos: Monica, Catalin

e suas duas filhas. Orem para que a Palavra de Deus ache solo fértil em  seus

corações.

Pastores Presbiterianos, Húngaros-Romenos. (Finanças e parceria que

estamos estabelecendo com eles).

Renovação de vistos. Agora em Março, já devemos dar início a este processo

moroso e dispendioso. (finanças e sabedoria)

 

Em Cristo,

Rev. Ronaldo André, Fernanda, Meggie, Emily e Isabella

Comentários