Rev. Gustavo Custodio e Sarah (Kossovo) 16/07/2018


“Grandes coisas o Senhor tem feito por nós...”

Olá amigo de missão.

Estamos radiantes com tudo o que temos visto Deus realizar em terras tão distantes. Nosso ciclo na Albânia se encerrou em 04/06/2018. Foi um período de grandes realizações e de muitos sentimentos conflituosos. A insegurança com a mudança nos dava temor. Mas, como temos  percebido, o cuidado de Deus nos sustentou. Antes de nossa mudança para Pristhina, capital do Kosovo, ainda houve tempo de vivenciar a experiência de mais dois cursos em Tirana, capital da Albânia. O primeiro aconteceu na Fundação Presbiteriana e o segundo no Centro Calvino. Várias mulheres tiveram um treinamento de maguiagem e ouviram as boas novas do evangelho. Boa parte das que estavam no Centro Calvino não conhecem Jesus como Salvador e Senhor, então, a Sarah pode dar um breve testemunho e compartilhar sobre a graça divina revelada na cruz.

Ainda na Albânia Deus nos deu o privilégio de ter a formatura do Lucca no middle scholl. Ele tem se dedicado muito e colheu os frutos de todo o empenho. Recebeu vários elogios dos professores pelo seu avanço na língua inglesa e tem sido um grande apaixonado pela história americana.

No dia 4/06 Deus nos abençoou com uma mudança para Pristhina que desde nossa partida do Brasil é o nosso alvo de trabalho ministerial. Ao chegarmos vimos as grandes dificuldades para locar um apartamento, até que três dias depois Deus nos deu um apartamento. Neste momento inicial priorizamos conhecer o bairro onde moramos e a nos apresentarmos as pessoas que sempre foram receptivas a nós. Deus então por sua bondade deu ao Gustavo oportunidade de começar um diálogo sobre a fé cristã com dois amigos que por aqui fizemos.

A igreja que tem nos acolhido aqui é a igreja Internacional, ela tem sido parceira para vários eventos de fé reformada realizado na região. Ficamos felizes com o acolhimento e a disposição em nos ajudar no plantio de igrejas. O pastor da igreja tem sido um amigo pessoal e não tem medido esforços para que nossa permanência em solo Kosovar seja uma benção. Estes primeiros momentos com os cristãos locais tem tido gratas surpresas, a primeira foi poder participar da formatura dos obreiros locais realizaram um curso de dois anos para capacitação teológica e o segundo é poder estar junto na realização do primeiro Impacto Kosovo, um evangelismo aberto realizado em praça pública, com apoio da prefeitura e da polícia para que nada de anormal acontecesse. Evangelismo aberto na realidade muçulmana é sempre um grande desafio. O evento foi uma benção, estivemos em quatro cidades distintas e vimos o que Deus pode fazer diante da pregação do evangelho. Dois casos nos chamaram mais a atenção: o primeiro foi em Mitrovic, uma cidade ao norte e que ainda vivencia o conflito Sérvio-Kosovar. Quando chegamos à praça para o impacto, vimos que os mais novos se aproximaram para ver e ouvir o que estava sendo dito, muitos pegaram um novo testamento  ou algum tipo de literatura, os mais velhos ficavam de canto e reprovavam o que estava sento feito. Um dos senhores se aproximou para questionar os jovens e deixar claro: “nós já temos uma religião”. Mas, muitos jovens passaram cerca de duas horas conversando conosco e a igreja que fica na cidade aproveitou para pegar o contato e continuar o trabalho. Outro caso importante aconteceu em Gjlan, uma cidade mais aberta ao evangelho. Um rapaz procurou a Sarah para dizer que aquela literatura tinha tocado seu coração e que gostaria de ouvir mais sobre a palavra de Deus.  O trabalho todo foi bem cansativo, mas, valeu a pena.

Somos gratos a Deus por tudo que temos visto  Ele realizar em terras Kosovares. Pedimos a Deus que nos de sabedoria e que mais vidas tenham a oportunidade de ouvira a palavra.

Orem:

  1. Pelo continuo aprendizado da língua;
  2. Por todo o recurso que necessitamos para o bom andamento do projeto , especialmente o reparo do carro e os gastos com as incursões as cidades menores;
  3. E por todo trabalho de apoio que temos desenvolvido junto às igrejas locais.

 

Agradecemos aos irmãos por todo o cuidado dispensado a nossa família.

Em Cristo.

Rev. Gustavo, Sarah, Lucca e Isabelly Custódio.

Comentários