Rev. Fábio Ribas e Lucila (Indigenas) 05/08/2017


Queridos companheiros de jugo e de júbilo, queremos renovar o seu ânimo para continuar conosco nesta nova etapa do nosso ministério. Em outubro, estarei em São Paulo, se Deus quiser, para a aprovação desta nova etapa junto com a APMT (Agência Presbiteriana de Missões Transculturais).

Estamos indo para a Missão Caiuá em Dourados. Um trabalho que existe desde o final da década de 20 do século passado, mas que agora tem lutado para fortalecer a Igreja Presbiteriana Indígena da região. Os líderes indígenas dali precisam de um apoio pastoral e também de aprofundamento no conhecimento bíblico e teológico. Temos sonhado com um Curso Superior de Fé Reformada para a Região. Queremos chamar vc para nos acompanhar neste sonho também. 
 
Digo isso, porque sabemos que o Brasil vem enfrentando uma crise financeira que, finalmente, atingiu as igrejas. Evidentemente, muitos missionários sentiram as consequências dessa crise também. Este ano, pela primeira vez, um parceiro importante em nosso sustento financeiro vem falhando por mais de uma vez nestes últimos meses, o que já nos trouxe um desequilíbrio nas finanças. Por isso, queremos convidar vc a orar mais intensamente pela fidelidade das igrejas aos dízimos e ofertas, que são repassados aos Presbitérios, para que estes possam continuar a apoiar seus missionários no Campo. 
 
Além da mudança de Chapada dos Guimarães para Dourados, haverá a Escola das minhas filhas e os próprios gastos desse novo projeto, que prevê a minha visita aos campos para apoiar os missionários que lá se encontram e fornecer em cada base da Missão aconselhamento pastoral e cursos bíblico-teológico contextualizados ano que vêm. Esteja conosco em oração para que as Igrejas e Presbitérios permaneçam fiéis em seus compromissos com os missionários.
 
Queridos, deixo aqui um vídeo lindo do Paul Washer sobre um testemunho dele com a Igreja Indígena. O que vai no vídeo descreve muito bem o que está em meu coração sobre o nosso ministério: apoiar a Igreja Indígena para vê-la crescer para a glória de Deus! 
 
O foco do nosso ministério é este! É para isso que nos temos gastado:nós também queremos tornar forte e linda a noiva de Cristo que se encontra na floresta, Aliás, nesta semana terminei de escrever um projeto que é, especificadamente, sobre isto: fortalecer e deixar ainda mais linda a noiva de Cristo que existe numa região em que vivem pelo menos 3 povos indígenas diferentes, além de sul mato-grossenses e paraguaios. Nós queremos ver essa noiva ornamentada para a glória do nosso Deus!!! 8-| 
https://www.youtube.com/watch?v=QMrbVYkAWO4
 
Fábio Ribas

Para contribuir com nosso ministério também financeiramente, visite a página seguinte da APMT e selecione o meu nome para contribuir (meu nome está no campo "missionário" como "Fábio Ribas Wanderley Dantas" - vou pedir para consertarem rsrsrs). A página é esta: http://apmt.org.br/contribuinte

Comentários