Rev. Elnatan Viana e Cenira 30/05/2018


Caros irmãos, 

Queremos compartilhar com voces um pouco do que temos vivido nesta primeira etapa do nosso ministério aqui na Bolivia. 

 

UMA EXPERIENCIA MARCANTE

Fui convidado por um pastor amigo, para participar de um dia de evangelismo em uma comunidade Quéchua a 4.000 mts de altitude nas montanhas andinas.

O programa era evangelizar de casa em casa e depois fazer uma reunião na igreja à noite. Assim foi, saímos com tradutores nas encostas com uma temperatura de 0 grau. Por um momento minha fé titubeou, e pensei: ̈este povo não vai à reunião com este frio ̈. Para minha surpresa, às 20:00hs, com –2º, senhoras com mais de 80 anos, senhores, jovens senhoras com seus filhinhos, estavam lá para ouvir a Palavra de Deus. Louvado seja o Senhor.

 

PROCESSO DE ADAPTAÇÃO

Apesar de falarmos a língua, há outros fatores no processo de adaptação cultural, costumes, comida, clima. Um aspecto interessante, é que viemos a Cochabamba, mais precisamente a Quillacollo, para restaurar a Igreja, reabrir a obra fechada já há 5 anos e isto envolve reagrupar os membros dispersos. Restaurar a confiança um trabalho bem delicado. Você já ouviu falar que construir é bem mais fácil que fazer uma reforma? Pois bem, nosso trabalho aqui consiste nesta reforma, e não somente isto, envolve recuperar o local de reuniões para a Igreja, reformar fisicamente o local, que se encontra em péssimas condições e reunir o povo, que é ainda mais delicado. Pouco a pouco estamos estabelecendo vínculos de amizade. Na primeira semana que chegamos éramos 8 pessoas, hoje, depois de 2 meses, já somos 15; a cada reunião chega mais alguém. Passo a passo vamos avançando e traçando juntos estratégias para a reedificação da Igreja do Senhor neste lugar.

Comemoramos o dias das mães que aqui na bolivia é celebrado dia  27 de maio.

 

SAÚDE DA CENIRA:


Um mês depois que chegamos, a Cenira começou a sentir cada vez pior  uma intensa dor de cabeça, tontura, pressão alta, baixa, desanimo e enjoos fortes. Esteve 23 dias de cama, emagreceu 8 kgs, quase não comia. Depois de várias idas e vindas a médicos (cardiologista, clinica geral, otorrino) e fazer vários exames (que deram todos alterados), constatou-se que a principal causa foi stress, provocado pela mudança de altitude e ambiente. Graças a Deus, tudo passou. Só está tomando o remédio para a pressão. Já está melhor.

 

MOTIVOS DE ORAÇÃO:

  1. Gratidão pela recuperação da saúde da Cenira.
  2. Pela conversão do Roberto (dono do nosso apartamento); temos estudado a Bíblia com ele e sua esposa cada semana. Está cada vez mais sensível e interessado.
  3. Seguir orando por nossa saúde física, emocional e espiritual. 

  4. Para que o Senhor nos dê em cada etapa, a estratégia acertada para ação, inclusive na recuperação do local. 

  5. Pelos membros da Igreja que estão pouco a pouco voltando a reunir-se (por enquanto nas casas). 

  6. Por nossos filhos no Brasil. Gabriel e Joyce (e nossa netinha Olivia que nascerá em outubro), Guilherme e Patrícia e o Gustavo o único solteiro. 

  7. Pelo complemento do nosso sustento, que faltava 10% e agora com a alta do dólar estamos defasados em quase 30%; por mais igrejas parceiras e irmãos. 

  8. Pelas crianças que já estão chegando. Antes eram duas, agora são nove. Em breve iniciaremos classes bíblicas nesta semanais com elas.
  9. Agradecer a Deus pela fidelidade de nossos parceiros ministeriais, que tem nos dado o suporte nesta missão.

Em Cristo

 

Rev. Elnatan e Cenira Viana

 

Comentários