Rev. Cláudio Gonçalves e Cássia (Nova Zelândia) 4/01/2018


Prezados irmãos,

O ano de 2017 ficará marcado para a nossa família. A viagem e chegada ao campo missionário, aprendizado de uma nova cultura e língua, novas amizades, conhecendo e amando novos irmãos em Cristo e aprendendo a lidar com a saudade.

Mesmo diante dos desafios de adaptação em outro país, foi um ano de confirmação de que estamos fazendo a vontade de Deus e sob a Sua direção e dependência.

Louvamos a Deus pela vida de todos os irmãos e igrejas que têm estado conosco aqui neste trabalho missionário do outro lado do mundo, através das orações e suporte financeiro.

Que no ano de 2018 continuemos juntos e firmes neste propósito de compartilhar as boas novas nos confins da terra. A Deus toda a glória!

“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.” 1 Coríntios 15.58

 

Igreja Kiwi

Expectativas versus realidade.

Após quase um ano neste campo missionário, percebemos que a necessidade de revitalização das igrejas kiwis é urgente. Já participamos de três funerais, sendo um deles de uma irmã muito ativa na igreja. Os irmãos kiwis são muito ativos, mas idosos em sua maioria (na faixa etária de 65 a 95 anos). Há alguns mais jovens, mas são estrangeiros de países e ilhas próximas daqui, tais como Indonésia, Tailândia, Samoa, Fiji e outras.

A nossa preocupação é que em algumas décadas a Igreja Presbiteriana na Nova Zelândia desapareça.

Oremos para que nós e vocês parceiros sejamos instrumentos de Deus aqui neste lugar.

 

Primeiro Natal na Nova Zelândia

Participamos das comemorações de Natal nas igrejas St Margaret ́s e Global Community. João Pedro e Maria Fernanda participaram das peças natalinas e Cassia auxiliou a equipe para apresentação de uma delas. Foi um momento importante para evangelizar as crianças e os pais não-crentes que foram assistir as apresentações. Louvamos a Deus por esta oportunidade.

Em contrapartida percebemos o quanto a influência do secularismo e liberalismo tem distorcido o verdadeiro sentido do Natal, principalmente entre os jovens. Há poucos enfeites na cidade, e os que têm, nenhum deles remetem à Jesus. No dia 25 de dezembro havia muitas festas na beira do lago com muita bebida e jovens embriagados por toda a cidade. A triste realidade de um país onde o ateísmo tem crescido a cada dia.

 

Nossa Família

Com a graça de Deus as crianças concluíram o ano escolar e receberam congratulações pelo desenvolvimento alcançado. Lembramos que no primeiro dia de aula a Maria Fernanda chorou por não entender nada do que diziam; mas no último dia de aula recebeu um prêmio especial pelo excelente desempenho do seu segundo idioma. João Pedro foi elogiado pelo seu comprometimento e liderança em sala de aula. Estamos felizes e gratos a Deus por essa bênção!

 

Motivos de Oração

  • Pela continuidade no aprendizado do idioma;
  • Pelo complemento financeiro do nosso sustento no campo missionário;
  • Pelas crianças, adolescentes e jovens na Nova Zelândia; 

  • Para que tenhamos novas oportunidades para evangelizar discipular os kiwis; 

  • Pela revitalização das Igrejas na Nova Zelândia; 

  • Pela próxima viagem missionária ao Nepal em Abril de 2018.

 

Rev. Cláudio César Gonçalves 


Fone: +64 021 023 91649 


 

 

Comentários