Rev. Alfonso Cervantes e Vanessita (Peru) 20/07/2017


Que a Graça e Paz de Cristo nosso Senhor seja com os amados irmãos parceiros, da Igreja Presbiteriana do Brasil.

Fazer parte da família de Deus é um grande privilégio e implica ao mesmo tempo uma responsabilidade ainda maior. Todos aqueles que recebem o Evangelho da graça de Nosso Senhor Jesus tem uma missão.

No povoado de Galáxia, nos reunimos todos os domingos um grupo pequeno,  com os novos crentes para adorar, ensinando e discipulando a jovens e crianças, com o propósito de conhecer a bíblia e os acontecimentos extraordinários de Deus. E assim que desde janeiro todos juntos começamos a estudar o libro de gênesis e hoje já temos avançado até o libro de Números capitulo 16 “La Rebelión de Core”. Tem sido enriquecedor para os irmãos da Igreja, a maioria são adolescentes e temos certeza que de aqui a pouco tempo teremos unos líderes que conduziram a Igreja Presbiteriana.

CAYMA

Neste município, estamos tendo receptividade das pessoas, é assim que seus pais confiadamente enviam suas crianças para estarem conosco os dias sábados no horário das16:00hrs, continuando a tarde as reuniões são realizadas em duas casas, aonde estamos orando e lendo a Palavra de Deus.

O sábado passado participou conosco Eduardo, filho da irmã Luchita, ele é advogado e gostou da reunião e falou que virá com sua namorada.

Estamos preparando-nos para o Evangelismo que temos programado para mediados do mês de Julio

Recebemos folhetos bíblicos que a Irma Esther enviou desde Brasil, já estão conosco e com certeza será útil para o evangelismo que faremos nas ruas y praças.

   

INVERNO FRIO EM CHARACATO AONDE MORAMOS


Este inverno com a mudança do clima, tem afetado nas enfermidades respiratórias na maior parte da população. Moramos em uma zona rodeada de vulcões. Nestes últimos dias tem acontecido movimentos sísmicos frequentes, junto a Vanessa e Mayumi estamos preparados, temos nossa mochila com todos os implementos necessários em caso de acontecer um terremoto.
Nossas reuniões de oração em Characato som as segundas feiras, a nossa irmã Miriam convidou a seu esposo, o nome dele e Romel, ele e policial e nesta segunda feira tem nos acompanhado no culto.

 

Nossa programação da semana

Domingo: Escola Dominical e Culto em Galaxias;

Segunda-Feiras: Temos culto no distritos de Characato;

Terça-Feiras: Atividades com a familia.


Quarta-Feiras:  Visitas nas casas dos irmãos, praticamente o dia todo, em lugares distantes um de outro.


Quinta-Feiras: Estudo para preparar o sermão, é os materiais para o fim de semana.


Sexta-Feira: Visitas procurando novas amizades.


Sábados: Após o almoço nos dirigimos ao distrito de Cayma, as 16h00 temos diversas atividades com crianças na quadra esportiva, logo após temos um estudo da Bíblia. E as 18h00 temos culto Jovens em Ação na casa de dona Ingover, e as 19h00 temos culto no lar da dona Luchita com sua família, que são novos convertidos. Geralmente voltamos pra casa ao redor das 23 horas.

Mantemos a diário o nosso devocional familiar, orando por este trabalho, pelos nossos colegas missionários da APMT no mundo, pelos nossos parceiros, a Junta de Missões de Pinheiros, os amados irmãos da Igreja Presbiteriana do Polvilho, e a APMT.

Nós aqui também Continuamos batalhando a boa batalha da fé, ganhando peruanos para Cristo; que sejam frutos espirituais em nossa pátria que tanto necessita. Um grande abraço aos senhores, e todas as famílias da IPB. O nosso agradecimento, que o Senhor vos recompense.

 

Pedidos de Oração:

Oramos pela fé, por um terreno próprio para a futura Igreja.


Que Deus possa prover os recursos para o aluguel do local em Cayma


Por novos parceiros que possam juntar as forças conosco neste projeto missionário.


Pela Família ministerial, eu Alfonso, Vanessita e Mayumi.


Pela saúde de Mayumi, o dia 3 foi sua vacina da febre amarela, esse mesmo dia pegou uma infecção na barriga por duas semanas, foram momentos difíceis de hospital y cuidado com antibióticos, graças a Deus hoje está bem.

 

No amor de Cristo.

Pr. Alfonso Cervantes, Vanessita e Mayumi.

    

 

Comentários